domingo, 7 de novembro de 2010

Um belo estouro


Pois foi... foi um estouro aos 30Km... e assim conheci a "parede" no seu esplendor...

Já estou a recuperar, mas custou-me chegar ao fim. O objectivo das 3:20 foi-se (acho que tenho muitos Km a fazer para la chegar), o das 3:30 vai ter que ficar para a próxima (Lx será a minha 2ª oportunidade)... restou-me a consolação de não desistir e de ter melhorado a minha melhor marca: 03:33:58... não me deixou satisfeito, mas também não fiquei triste e estou a pensar na semana a recuperar para voltar aos treinos...


Para a semana posto mais alguma coisa.

Abraços...

PS: é mesmo bom poder encontrar e conviver com tanta gente amiga (Velhote, Ana Pereira, Meixedo, João Fernandes, Miguel... força... não desistas disto, Adelino, Brito, Otília, Sica, João Correia, Ricardo... que vem dos Açores partilhar as provas connosco, colegas da AASM... Emanuel, Pedro Magalhães, Carla, Alexandra, Mário, Barros, Sílvia... pode ser um encontro algures na prova, mas sabe sempre bem ver o sorriso e o apoio..., Paulo Neves, Almeida... que ficou de fora???, Veloso, Fidalgo, Mota ... e ainda há mais....

PS2: Abraço para o Ricardo (meu primo) que acabou a sua 1ª maratona... resistiu bem... e para o André que me acompanhou e apoiou... Abraços.



12 comentários:

José Alberto disse...

03:33:58...

Bem bom.

Parabéns pela marca obtida.

José Alberto

PGomes disse...

Sei que estavas à espera de mais, mas um record pessoal não pode ser mau. Parabéns!

Espero que recuperes mais rápido do que eu. Estive bem duas semanas a meio gás.

Cá nos vemos em Lx. Vamos se devagar chegamos depressa...

PS: com que marca se estreou o (primo) Ricardo?

Paulo Neves disse...

Olá Rui!

Parabéns! Um record é sempre um record! Com o treino que tens acumulado o mais certo é só vires a sentir os resultados um pouco mais tarde. Pelo menos é assim que acontece comigo!
Pela velocidade que levava deves ter percebido que não fiz a maratona! Apesar de inscrito, não me sentia recuperado da de Amesterdão e decidi apostar forte nos 14Km. O objectivo era correr a 14Km/h. Fiz 56:02 mas a prova estava longe de ter 14Km. Segundo o meu Garmin ficou-se pelos 13,47Km e aposto que tinha ainda um pouco menos. De qualquer modo ultrapassei o objectivo e corri a uma média ligeiramente melhor que no meu record dos 10Km pelo que só posso estar muito contente!
Estava a pensar não correr mais nenhuma maratona este ano, apostar na de Barcelona a 6 de Março de 2011 e tentar fazer "boa figura" na volta a Paranhos no dia 8 de Dezembro. Mas se estás a pensar fazer a de Lisboa no dia 5, se calhar era gajo para ir contigo!...

Grande abraço e mantém essa motivação!

Pedro Brandão disse...

Grande Rui. Tive muito prazer em conhecer-te no Palacio na companhia do João Correia. Vi-te também a passar na maratona. Muito bom o teu tempo. Eu fiz 4:37. Foi a minha primeira e as dores nas costas foram mesmo impeditiva de baixar das 3:00. Lá chegarei se Deus quiser. GRande abraço.

João Correia disse...

Record pessoal é sempre de enaltecer e está de parabéns. Depois, querias chegar mais longe, mas a distância é dura e é preciso tempo. Há processos fisiológicos que demoram a consolidar-se. Tem paciência que chegas lá. E bom bom é conviver contigo. Grande abraço, Rui.
(ai, vamos ter muitos despiques, vamos..:))

sica disse...

Força Rui, acho que o corpo aprende muito com os empenos que leva, eu o ano passado levei um em Sanabria e já este ano em Vitória.
Servem para nos conhecermos melhor e irmos melhorando cada vez mais.
Um abraço, eu também sofri e aqueles últimos kms parecia que nunca mais chegava ao fim.

Ricardo Baptista disse...

Grande Rui,
Um record pessoal é sempre bom. No entanto este sabe a pouco.
Pode ser que nos voltemos a encontrar em Lisboa, agora que já não tenho de vir dos Açores.
Um abraço, boa recuperação.

MPaiva disse...

Rui,

Durante muito tempo estiveste debaixo da minha "mira". Não os contei, mas devemos ter andado uns bons 15 km separados por cerca de 100 metros.
A partir de certa altura apercebi-me de que estavas em perda mas no final acabaste por conseguir resistir e chegar à meta ainda a tempo de bater o record pessoal. Não sendo o que desejavas e aquilo para o que te tinhas preparado, é sempre um motivo de satisfação.

abraço
MPaiva

Vitor Veloso disse...

Rui,
Parabéns pela marca alcançada, sendo o teu record pessoal.
Esta já está, agora e partir para próxima e aprender o que nesta aconteceu para melhorar, espero que a próxima seja já em Lisboa também vou estar presente.
Boa recuperação
Grande abraço
Vitor

Rui Pena disse...

Obrigado a todos pelas palavras de incentivo.

Gostei mesmo de conviver convosco.

Aqueles com quem não me cruzei, espero que seja para breve.

Abraços,

Rui

Rui Pena disse...

Pedro,


O Ricardo (primo) fez cerca de 4:35...

Mas ele não treinou nada de jeito.

Abraço,

Rui

Filipe Fidalgo disse...

olá, Rui.
parabéns pela marca alcançada, foi um prazer reencontrar-te, ainda para mais em tão prestigiada prova.
Parabéns também ao teu primo que tal como eu também se tornou maratonista nas ruas da invicta.

um grande abraço e até Lisboa.