sábado, 2 de janeiro de 2010

São Silvestre de Santo Tirso

Fiz hoje a São Silvestre de Santo Tirso pela segunda vez. Já conhecia a dureza do sobe e desce do percurso, conjugado com o piso maioritariamente em “paralelo”… muito duro.

É uma típica corrida popular, com muita gente na rua, ou às janelas, a incentivar, ou tão-somente a ver passar os “corredores”. Não foi um público especialmente caloroso, mas na zona da meta o aglomerar de gente dava-nos mais ânimo… e sabe sempre bem, fazer parte desta festa.

No entanto, nem tive muito tempo para reparar no público. Fui sempre muito concentrado na corrida, a dar o que tinha, num ritmo muito bom, confiante no que estava a fazer. Fui quase sempre integrado num pequeno grupo, na parte traseira, tendo procurado seguir num ritmo constante numa fase muito difícil da corrida, com as maiores subidas e maiores descidas. Aos 7,5 Km foi mais complicado segui-los e comecei a sentir o sofrimento a obrigar-me a alguma contenção. Mesmo assim, dei tudo o que tinha no dia de hoje. Tinha o objectivo dos 42 min. … o que não deu, mas pouco faltou » 42:31.

Ainda não foi desta que bati o meu melhor tempo (42:21) mas estou a sentir-me bem, a fazer tempos superiores aos que consegui nas mesmas provas, no ano passado. Tenho a expectativa de chegar a Março capaz de atacar os 40 min.. Vai ser difícil, mas os objectivos servem para nos mobilizar e motivar para o esforço de treino… e vou aumentar a carga em Janeiro e Fevereiro. Pelo menos, e esta ambição o demonstra, os 42 min. são uma barreira que julgo estar ao meu alcance.

Antes da corrida ainda encontrei o Velhote e o Miguel Torres… Mas, depois da partida, não os vi mais… um abraço para eles.

Um abraço também para os bravos do longo de amanhã, em Valongo. Espero que transformem esse treino num hábito… para um dia destes poder acompanhar o grupo.


4 comentários:

Mark Velhote disse...

Olá Rui ,

Boa prova!
Em Março vamos a Avintes tirar uns segundos às marca pessoais!

Abraço
MV

Carlos Lopes disse...

Ola Rui

parabéns pela prova

MPaiva disse...

Rui,

Parabéns pela tua prova e pelo bom tempo que conseguiste fazer. De certeza que vais conseguir bater o teu recor muito brevemente e eu só espero estar lá para te saudar!

abraço
MPaiva

José Capela disse...

Rui,

A S. Silvestre de Santo Tirso é durinha. Não é uma prova para fazer grandes marcas, por isso acho que estiveste bem!

Com calma, porque isto das corridas para progredir é preciso ter paciência, vais chegar aos 40 minutos no curto prazo.

Abraço

José Capela