terça-feira, 1 de junho de 2010

5:37:35 ... aprende!...

É certo que me questionei sobre se conseguiria chegar ao fim (em 2 momentos: na 2ª/3ª volta do ciclismo e, principalemnte, na 2ª volta da corrida)... No entanto, nunca me passou pela cabeça tal possibilidade. Pensei sempre que era uma questão de abrandar o ritmo, custou-me um bom bocado é certo, mas recuperei sempre e acabei por aumentar bem o ritmo. Aconteceu-me o que ja li por ai: passei mal, mas acabei por recuperar o ritmo (desta vez aconteceu comigo).

No entanto, estou preenchido com a BOA sensação de ter feito mais um Triatlo Longo (distância Half Ironman)...

De facto acabei por cumprir a minha intenção inicial de forçar um pouco mais na procura das 5h. Relativamente a Lisboa, à natação retirei mais de 2 min... andei à procura de um drafting, mas cansei-me muito (acabei por passar pouco tempo nesse drafting). Forcei...

A T1 acabou por ser bastante rápida, uma vez que tinha os sapatos montados e foi saltar para cima da bike... até correu bem (foi a 1ª vez). Na primeira volta, pensei em fazer marcação a um par de colegas que passaram por mim na saída do Parque de Transição. Mais uma vez, forcei um bocado para ficar inserido no grupo (sempre a cumprir as distâncias regulamentares entre ciclistas ... o formato era em Contra-Relógio). No entanto, a 2ª volta e a 3ª foram penosas... as primeiras sesações até eram ao nível do meu sistema digestivo :( ... fraquejei e tive que me deixar ir mais lento. Perdi tempo e, com o vento contra em metade do segmento, desanimei um bocado 8logo ali, esquecio as 5h).

Depois da 3ª volta, recuperei e parecia novo... mais forte. Acho que ainda pensei em recuperar tempo perdido e segui a bons ritmos (excepto na 7ª e última volta do ciclismo). Aproximava-me de ciclistas que íam à minha frente, mesmo daqueles que inicialmente partiram ao meu lado. Acho que acabei por me entusiasmar em demasia e forçava sempre tentar alcançar o ciclista que tinha em "linha de mira"... (mesmo assim, demorei mais 10 minutos que em Lisboa (2:56h).

A T2 também foi rápida. Mais uma vez correu bem o descalçar dos sapatos em cima da bike e a descida/corrida em direcção às sapatilhas e já estava a correr. Logo de início senti que não estava como o mesmo ritmo de Lisboa. Corria em torno dos 5 min/km ... e custava. Na segunda volta tive muitas dificuldades, sendo que fiz esta volta num ritmo nos 6:30min/km. Parei para urinar (estava com vonade) e com a 3ª volta, lá recuperei alguma coisa... Mas foi lento e progressivo. Ainda voltei a quebrar na 4ª volta, mas no final já me sentia novamente forte.

Não estou triste nem frustrado. Nada. Não consigo estar triste com estas coisas... estes feitos são dificeis... não criam tristreza.

Abraços,

PS1: Grandes colegas os meus da AASM...

PS2: ATENÇÃO - o melhor público que conheci até hoje foi este de São Jacinto... Eram poucos, mas muito bons... não esperava mesmo.


NOTA: A foto faz parte do album do SICA... coloquei-a aqui (sei que não te importas - obrigado)...

5 comentários:

sica disse...

Parabéns pela prova, existem ensinamentos que só se alcançam quando passamos pelas situações, o ano passado em Sanabria dei um grande estoiro, a partir daí decidi fazer as coisas de forma diferente com mais método e ao fim de uns meses o resultado começou a ver-se.
Um abraço e força nesses treinos

MT disse...

Ainda não me aconteceu isso, mas sei que um dia irá acontecer! Para a próxima vai correr melhor. Pelo que vi a natação foi muito boa e o ciclismo também não foi mau. Quebraste na corrida mas não desististe e já estás pronto para outra. Qual é o próximo?

PGomes disse...

Quem não arrisca não petisca. Ainda assim grande prova!

Mark Velhote disse...

Parabéns Rui por mais este feito fantástico. Não é para quem quer é só para quem pode...:D

1 abraço

MArk

PS: Vais ao triatlo de Gaia?

MPaiva disse...

Rui,

Apesar de não teres alcançado o objectivo inicial, acabaste por vencer o desânimo e por levar a prova até ao fim.
Como bem referes, não é qualquer um que aguenta uma prova de mais de 5 horas, pelo que estás de parabéns!

abraço e força para a próxima!
MPaiva